sábado, maio 05, 2007

Enfim...

estou aqui... a pensar no que a vida me tem presenciado.
Devo dizer que nunca sabemos o que vem amnhã, que nunca sabemos o que nos espera, que o hoje, amanhã pode apenas dissipar-se como o mau tempo...
Há uns tempos atrás nunca pensei sentir-me como hoje me sinto, nunca pensei ser capaz de escalar o buraco e... enfim... voltar à superficie... e respirar o ar puro e sentir a brisa do mar...
É difícil, e aqueles que já sofreram por amor, sabem do que falo... mas a mesma dor, revolta e mágoa que nos acompanha dias e dias, semanas após semanas, e meses a fio, acaba por se ir dissipando e alojar numa prateleira do nosso coração... porque, com o tempo, o amor e o coração começam a dar lugar à cabeça e à razão e aí somos capazes de sentir e definitivamente saber o que não queremos.
Sim, porque o que queremos todos os dias é uma incógnita, porque após um sonho e objectivo alcançado acabamos sempre por querer oura coisa, agora aquilo que não queremos sabemos com toda a certeza, e eu neste momento não quero sentir dor, nem mágoa, nem vazio dentro de mim. Hoje quero sentir-me VIVA. Quero sentir-me capaz de ir mais além, como outrora. Quero sentir-me invadida de sonhos e objectivos. Quero sentir-me desejada. Quero sentir-me bem. Quero sentir-me EU...
Com todo o meu esforço, vontade e com a ajuda de alguns amigos que sempre acreditaram em mim aqui estou de volta, após meses e meses de ausência.

Queridas amigas obrigada por acreditarem em mim.
Regressei, definitivamente.

Beijinho grande para todos aqueles que adoro.

3 comentários:

mimi disse...

As tuas amigas estarão sempre aqui a acreditar em ti.

Desgosto, sofrimentos...tudo o que seja feito por amor, pode doer mas faz bem, faz_nos crescer, abrir os olhos e "calejar" para outros "tufoes" de amor:)


ADORO-TE

vera disse...

Mimi és única...
Gosto mto de ti

Anónimo disse...

ainda bem k voltas-te...fazes mta falta por cá, pela tua coragem, pelo teu apoio, as tuas palavras...o teu exemplo...bigada eu amiga por estares d volta.
ate breve
madalena