terça-feira, outubro 31, 2006

Que solidão...


Sentada nesta cadeira, escrevo estas linhas soltas...
Palavras sem expressão...
Palavras sem vontade....
Sinto-me tão sozinha, como nunca antes me senti...
Acho que nunca me tinha sentido realmente sozinha, mas nos últimos tempos a solidão é a minha eterna companheira do quotidiano...

1 comentário:

madalena disse...

enquanto conttinuares a escrever e tiveres alguem a ler os teus pensamentos não estas só certamente*e a solidão é um estado de espirito que estas a viver de momento*com o tempo vai acalmar*estarei sempre presente ao teu lado*